domingo, 20 de março de 2011

Livro Bem legal , Cidade dos ossos




Cidade dos Ossos é o primeiro livro da escritora Cassandra Clare e, desde sua publicação no Brasil pela Editora Record sob o selo ‘Galera Record’, vem cativando mais e mais fãs devido à peculiaridade de sua história e personagens.
Clarissa Fray é uma adolescente de 15 anos que vê sua vida virar de ponta cabeça ao presenciar um crime no meio de uma festa. Dentro da badalada boate Pandemônio, ela se envolve em uma confusão que a coloca cara a cara com alguns jovens que possuem marcas pelo corpo e utilizam estranhos objetos como armas para intimidar outro garoto. Clary, assustada, tenta impedi-los de machucar o rapaz e é surpreendida quando os misteriosos garotos se apresentam como Caçadores de Sombras e em meio à confusão lhe explicam que o adolescente atacado é um demônio que estava sendo perseguido e precisava ser destruído. Totalmente abalada, Clary não entende como algo assim possa existir e porque logo ela pode enxergá-los, visto que, segundo os Caçadores, humanos normais não possuem a visão que possibilita ver o mundo sobrenatural. E se ela pode vê-los é porque talvez, Clary tenha algo de Caçadora em seu sangue…
Quando comecei a ler Cidade dos Ossos reconheci vários elementos que estão presentes em outros livros atualmente: trama sobrenatural, protagonista adolescente, garoto misterioso, sem falar que há um triangulo amoroso. Isso não é um problema, mas tive medo de que o livro fosse só mais um como tantos outros com esse enredo. Mas, Cassandra Clare se mostrou uma contadora de histórias, e conseguiu dar a Cidade dos Ossos uma personalidade única. A história é uma grande aventura, com muita ação, suspense, segredos escondidos a serem revelados e personagens interessantes, principalmente os protagonistas.
Jace, o Caçador de Sombras que Clarissa conhece na boate Pandemônio é o trunfo do livro. Esqueça Edward de Crepúsculo.  Jace é arrogante, metido a besta e nada humilde. Todos seus diálogos são pontilhados de um humor ácido e suas respostas são navalhas prontas pra cortar um oponente. E é claro, que por essas e outras a gente acaba se apaixonando por ele. É inevitável!  Já Clary, foge do estereotipo de moça frágil e chorosa que precisa de um garoto para salvá-la do mal. Ela é corajosa o suficiente para enfrentar o fato de que, talvez, toda a sua vida até ali tenha sido uma grande mentira sustentada por sua mãe, uma antiga Caçadora de Sombras, que queria protegê-la do Submundo e das criaturas que nele vivem.
Uma coisa interessante: se ler com atenção, você vai reconhecer elementos de Harry Potter e outros livros e até de filmes em meio às páginas.  Mas, isso se dá principalmente pelo fato de que Cassandra Clare vive em meio a toda essa miscelânea cultural tendo inclusive, escrito algumas das mais famosas fanfics de Harry Potter que circulam pela internet, (ela é autora de Draco Trilogy: Dormiens, Sinister e Veritas). O diferencial, é que Clare conseguiu juntar todas as referências e criar um livro com características próprias capaz de manter o leitor preso às páginas até o grand finale (que é realmente uma surpresa!).
O livro possui 459 páginas e é dividido em três partes, todas elas contendo capítulos curtos, o que acelera a leitura. A qualidade das páginas, das fontes e da tradução é ótima, caracterizando o bom trabalho quer a Editora Record sempre faz.  A capa original foi mantida e é simplesmente linda!
Cidade dos Ossos foi uma das boas surpresas nas minhas leituras desse ano e agora, estou ansiosíssima para ler a continuação, Cidade das Cinzas.  =)  Super recomendo!


Leia mais: http://foforks.com.br/page/3/#ixzz1HCoJpjtg 

Nenhum comentário:

Postar um comentário